Luiz Arruda conta alguns dos desafios que já enfrentou em sua carreira

Abrir um negócio é uma atitude corajosa e cheia de desafios. Luiz Arruda, CEO da Avantgarde, agência para experiências de marca, enfrentou vários obstáculos para conseguir o sucesso que tem hoje com sua empresa. “Passei por vários tipos de desafios. Um deles foi quando deixei o mundo corporativo e me tornei empresário”, diz.

Em uma conversa com exclusividade com a Rovella & Schultz, Luiz relembrou outros momentos em que ele teve que usar o jogo de cintura para fazer o negócio continuar funcionando. O seu primeiro escritório, por exemplo, logo que se tornou empreendedor, foi em casa em um quartinho, com um computador que um amigo emprestou.  “Uns cinco ou seis anos após abrirmos, passamos por uma crise financeira grande porque dependíamos muito de um cliente que repensou a estratégia”, conta relembrando momentos do começo de sua vida como empreendedor.

Outro grande desafio foi abrir a própria Avantgarde. “Quando fechamos a agência para trazer a empresa ao Brasil fizemos o grande negócio de nossas vida. Era uma oportunidade que sempre sonhamos, mas que também trazia a incerteza, já que não tínhamos ainda a experiência”, diz Luiz. Bom, no fim tudo deu certo. Fica aí a inspiração!