Nutricionista Gabriela Ghedini apresenta os benefícios em reduzir o sal na alimentação

O sódio é um mineral importante que ajuda no equilíbrio do corpo e é usado em receitas para realçar o sabor dos alimentos. Ele é considerado um vilão na saúde porque, quando consumido em excesso, pode causar doenças cardiovasculares, pressão alta, derrames, além de dificultar o funcionamento dos rins.

 

Segundo uma pesquisa divulgada pela Organização Mundial da Saúde, a OMS, o brasileiro ingere em média doze gramas de sódio por dia, enquanto o recomendado pelo médicos é de até duas. Com foco em incentivar a diminuição desse alimento, a nutricionista Gabriela Ghedini listou quatro benefícios que podem ser conquistados com essa redução.

 

Confira a seguir

 

Diminuição do edema (inchaço) do corpo:

Quando consumido em excesso, o sódio causa perda hídrica das células. Ao reduzir o seu consumo, os líquidos fluem melhor pelo corpo evitando o acúmulo de substâncias que levam ao inchaço corporal.

 

Controle da pressão arterial:

O sal aumenta a pressão arterial e o volume de sangue devido ao excesso de líquidos, aumentando a pressão das paredes das artérias. A diminuição do consumo previne não apenas a hipertensão arterial, mas também problemas cardiovasculares e dores de cabeça frequentes.

 

Melhora a saúde dos rins:

O consumo excessivo de sódio sobrecarrega os rins, com isso o órgão passa a ter dificuldade para filtrar o sangue e eliminar as substâncias tóxicas pela urina. A diminuição é fundamental para evitar insuficiência renal e pedras nos rins.

Prevenção contra osteoporose:

Consumido em excesso, o sódio impede a absorção do cálcio no organismo, o que pode gerar problemas na estrutura óssea.

 

Serviço:

Clínica Gabriela Ghedini

Avenida Magalhães de Castro, 4800 – Edifício Capital Building – Torre 1, conj. 234 – CEP: 05676-120 – São Paulo/SP

Telefones: (11) 3504-1300

www.gabrielaghedini.com.br