Gabriela Ghedini dá dicas de alimentos para dormir melhor

Uma alimentação saudável aliada a exercícios físicos é uma arma poderosa contra a insônia. Ou seja, além de ajudar em um processo de emagrecimento, comer melhor implica em um sono com mais qualidade. É o que explica a nutricionista Gabriela Ghedini, formada em Nutrição pela Universidade Católica de Santos e pós-graduada pela Escola Paulista de Medicina. Especialista em emagrecimento e transformações de corpo, como definição muscular e aumento de massa corporal, a profissional elenca quais alimentos podem ser consumidos antes de dormir e quais devem ser evitados para uma boa noite de sono.

“Procure consumir alimentos fontes de triptofano como carboidratos encontrados na banana, aveia e arroz integral”, explica Gabriela. “Essa substância participa da formação da melatonina, hormônio responsável pelo sono e também melhora a produção de serotonina, que auxilia no relaxamento do corpo e da cabeça”. Outra dica é o consumo de alimentos com Vitamina B6, encontrada na semente de gergelim, fundamental para a conversão de triptofano em serotonina, tornando-o um alimento indispensável para o sono.

No jantar, a nutricionista indica alimentos fontes de Ômega 3 e gorduras consideradas “boas”. Eles auxiliam na regulação dos neurotransmissores, melhorando o humor, a ansiedade, a irritabilidade e a depressão, situações que interferem muito na qualidade do sono. “Entre esses alimentos temos a linhaça, o salmão, as oleoginosas, como castanhas, amêndoas e nozes, e o abacate”, exemplifica. E antes de dormir, Gabriela sugere a ingestão de líquidos calmantes. “Aquela dica das nossas avós, do cházinho de camomila ou do suco de maracujá, é sempre bem-vinda”, diz. “O maracujá tem efeito calmante e pode auxiliar no relaxamento antes de dormir. A camomila é uma erva com potente ação relaxante, principalmente quando consumido quente”.

E quais alimentos evitar durante à noite? Para um sono de qualidade, Gabriela Ghedini elenca o que deve ser evitado. Chocolate ao leite, café, guaraná, refrigerantes à base de coca, alta ingestão de carne vermelha, açúcares, chás escuros (preto, verde e branco), gengibre, canela e excesso de bebida alcoólica.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Serviço:
Clínica Gabriela Ghedini
Telefone: (11) 3504-1300
Endereço: Av. Magalhães de Castro, 4.800 – Torre 1 – conj. 234 – CEP: 05676-120 – São Paulo